Projeto de Lei que declara o Festival de Petiscos do Farol patrimônio cultural imaterial do Estado é aprovado na Alerj

Foto: Supcom
Foi publicado no Diário Oficial desta quarta-feira, 27, a aprovação do projeto de lei nº 919/2019 que declara o Festival de Petiscos do Farol de São Thomé como patrimônio cultural imaterial do Estado. 

O projeto de autoria do deputado estadual Gil Vianna (PSL) foi apresentado em agosto, deste ano, na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), sendo publicado hoje, a sua aprovação.

O evento, que acontece anualmente e teve início em 2013, atrai milhares de turistas para o litoral campista, aquecendo a economia local. O festival é organizado pela Associação de Comerciantes, Hotéis e Similares do Farol (Ashcom).

A atuação do deputado na Alerj em favor da economia do Estado do Rio de Janeiro tem sido intensa e com resultados positivos na Casa, buscando, através de diversas indicações, reerguer também a situação econômica de Campos e Região.

A praia campista tem uma importância muito grande, local de descanso e paisagens incríveis. Particularmente, como frequentador assíduo do litoral, acredito que o Festival de Petiscos se tornou uma referência para os comerciantes do lugar, que buscam por movimento em seus estabelecimentos além do verão”, ressaltou o deputado.



Ascom
Share on Google Plus

Sobre Ashcom

Associação de Hotéis, Comércios e Similares. "Farol Vive o Ano Inteiro!"

0 Comments:

Postar um comentário